Strangers Things 2 (NÃO) é ruim

Stranger Things 2 logo intro

Eu não escrevi errado não, pois pra mim, Stranger Things 2 foi realmente muito ruim. (E depois, ao rever, eu tive que editar!)

Eu gostei de Stranger Things, quando assisti a primeira temporada. E apesar de eu ter vivido a infância e o início da adolescência nos anos 80, nunca entendi porque a série virou rapidamente a queridinha da internet.

Mas assim como 13 Reasons Why e Riverdale, entre outras séries, algumas coisas entram quase de forma inexplicável nos trends das redes sociais, verdadeiras modinhas. Pra mim, são fenômenos quase irracionais.

Strangers Things Mind Flayer

A segunda temporada de Stranger Things começou bem, dando continuidade à primeira, de forma até bem satisfatória. Mas na segunda metade acabou se tornando uma bagunça.

As cenas saem da zona rural da fictícia cidade de Hawkings, Indiana, para um centro urbano em Chicago, com uma gangue de punks insandecidos. É um episódio inteiro nessa tortura, que até poderia ser legal, se eu estivesse assistindo outra série.

Punks de Chicago em Strangers Things 2

O que já estava monótono, se torna uma insuportável espera pelo desfecho da série, que melhora novamente nos últimos 2 capítulos, mas possui referências e diálogos inacreditavelmente forçados, enquanto praticamente deixa de lado o humor divertido entre os personagens.

Stranger Things referência a Ghostbusters, os Caça-Fantasmas

No final das contas, não chega a ser horrível no conjunto, mas não faz juz ao Stranger Things da primeira temporada.

Editado

Como você deve ter percebido, achei a segunda temporada ruim, quando assisti pela primeira vez.

Porém, ao assistir novamente, pulei o episódio nada a ver que se passa em Chicago e descobri que foi aquele episódio que quebrou o ritmo e destruiu toda a curtição da temporada, que no final das contas, foi obviamente muito legal!

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. julho 26, 2019

    […] final da segunda temporada de Stranger Things é muito bom. E dá aquele gostinho de quero mais. E é claro que a Netflix investiu em uma […]